Pesquisa e Desenvolvimento

Territórios ameaçados no contexto de expansão da urbanização neoliberal – o caso do Coque – Recife – PE

No curso da história urbana em Recife, os territórios vividos resistem contra a especulação imobiliária cujos interesses fizeram parte preponderante, desde muito cedo, da formação da cidade. Pretende-se contribuir para a discussão sobre o atual processo de urbanização capitalista que tem ameaçado territórios historicamente conquistados pelas populações pobres. Partindo de uma experiência de resistência do território Coque, o grupo de pesquisa MSEU identificou o retorno de maneira célere da postura urbanística higienista em Recife. Como procedimentos metodológicos, utilizou-se de uma abordagem relacional mediante a qual a interdisciplinaridade é considerada como caminho fundamental à apreensão e explicação da complexidade do processo de urbanização sob o capitalismo.

Artigo original publicado em Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais
Link: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistamseu/article/view/236849

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.