Pesquisa e Desenvolvimento

Relação entre Criatividade e Altas Habilidades/Superdotação: uma Análise Crítica das Produções de 2005 a 2015

Alunos com altas habilidades/superdotação (AH/SD), embora sejam parte do público-alvo contemplado pela Educação Especial brasileira, muitas vezes não recebem a mesma atenção que alunos com deficiência. Uma das características de alunos com AH/SD é a criatividade, que deve ser estimulada a fim de ser desenvolvida. Nesse contexto, este artigo apresenta uma revisão de literatura elaborada a partir de artigos produzidos entre 2005 e 2015 visando a descrever a relação entre os constructos criatividade e altas habilidades/superdotação e verificar como tem ocorrido o estímulo da criatividade a tal público. Uma busca nas bases de dados Web of Science e Dialnet com os unitermos “giftedness” e “creativity” foi realizada e obtidos 20 artigos que abordavam a inter-relação dos temas apresentados. Eles foram classificados em: estudos teóricos (4); revisão de literatura (4); e estudos experimentais (12). Após a leitura dos textos encontrados, verificou-se que a temática que mais se repetiu foi a comparação da criatividade em alunos com e sem AH/SD, especialmente tendo alunos do Ensino Fundamental como público-alvo. Os diferentes resultados encontrados também revelam uma preocupação quanto à confiabilidade de resultados obtidos por meio de testes, especialmente quanto à sua influência sobre o emocional dos participantes e à falta de padronização entre os instrumentos, o que dificulta uma análise precisa da relação entre AH/SD e criatividade. A falta de publicação a respeito de programas de enriquecimento da criatividade a alunos com AH/SD revela que há maior preocupação em mensurar do que desenvolver a criatividade nesse público.

Artigo publicado em Revista Revista Brasileira de Educação Especial

Link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382017000300455

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.