Pesquisa e Desenvolvimento

Qual o significado do trabalho para as pessoas com e sem deficiência física?

Este estudo classificou aspectos positivos e negativos associados ao trabalho por 27 trabalhadores com deficiência física (TDF) em comparação com outros 27 sem deficiência (TND). Os grupos foram emparelhados em sexo, idade, estado civil, nível econômico e função. Os instrumentos utilizados foram: Critério de Classificação Econômica Brasil e Questionário sobre Aspectos do Trabalho. As respostas foram analisadas qualitativa e quantitativamente. Os resultados identificaram seis classes de aspectos positivos (cidadania, conciliação de interesses, finanças, relações sociais, valorização pessoal e valorização profissional) e cinco de negativos (desgaste físico e emocional, desvalorização profissional, dificuldades interpessoais, jornada de trabalho extensa e mecanização do trabalho). A análise estatística apresentou diferença somente na classe jornada de trabalho extensa, com freqüência maior para TND. Conclui-se que a deficiência física não foi fator determinante na valorização de aspectos positivos e negativos do trabalho. Discute-se a importância do trabalho para o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas com deficiência.

Artigo original publicado em Revista Psico-USF

Link: http://www.scielo.br/pdf/pusf/v13n1/v13n1a13.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.