Pesquisa e Desenvolvimento

Memória e museus de ciências: a compreensão de uma experiência museal a partir da recuperação das memórias dos visitantes

Com a finalidade de investigar como a recuperação das memórias de visitantes ao museu de ciências pode contribuir para a compreensão de uma experiência museal, esta pesquisa foi desenvolvida, sob forma de um estudo de caso, com participantes de uma experiência ocorrida no espaço de um museu de ciências no ano de 2009. Tal experiência teve por objetivo proporcionar uma vivência de vinte quatro horas no ambiente do museu, aproveitando o intercâmbio de conhecimentos científicos, tecnológicos e culturais. A recuperação das memórias dessa vivência no museu, após transcorridos quatro anos, foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas gravadas em áudio com sete estudantes do ensino fundamental e médio, com idades entre 14 e 16 anos, que participaram em 2009 da experiência no museu de ciências. Os dados obtidos foram submetidos a uma análise textual discursiva, considerados sob as perspectivas do Modelo Contextual de Aprendizagem e das neurociências. A análise das memórias sob a óptica do Modelo Contextual de Aprendizagem apontou a presença dos oito fatores chave do modelo, percebendo-se a complexidade e a riqueza da experiência museal. Sob a óptica das neurociências, emergiram cinco categorias de análise das memórias dos sujeitos sobre a experiência: Memórias do ambiente museal; Memórias de natureza emocional; Memórias da mediação/interação no museu; Memórias sobre o aprendizado; Reforço das memórias. Essas categorias evidenciaram que fatores como emoção, neuroplasticidade, atenção, memória e motivação influenciaram na formação das lembranças da experiência vivida pelos sujeitos no ambiente do museu. Por fim, a análise permitiu, ainda, apontar estratégias de ações que contribuem para o planejamento de visitas escolares em museu de ciências. A investigação destaca a importância de reforçar na escola as experiências vividas no ambiente museal, recuperando informações e estabelecendo relações com assuntos abordados em sala de aula, de modo a dar continuidade às aprendizagens iniciadas no museu de ciências.

Trabalho original publicado em Biblioteca Digital de Teses e Dissertações – PUCRS

Link: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/6167

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.