Pesquisa e Desenvolvimento

Memória e história oral na contemporaneidade e seus usos para a história do tempo presente

Para que possamos desenvolver uma reflexão contundente sobre a História do tempo presente e a produção acadêmica encaminhada por esta, precisamos, necessariamente, situarmo-nos diante das conjunturas nas quais o fazer histórico voltou seus olhos para a história recente, advindas da emergência de demandas sociais, a partir do Pós-Segunda Guerra Mundial. Trataremos então sobre os papéis da memória e da história oral, na medida em que lhes são atribuídos novos objetivos e novas abordagens dentro do contexto da contemporaneidade. Pensamos ainda no desenvolvimento da historiografia contemporânea, na qual se situa a História do tempo presente, e assim, na utilização da memória, enquanto objeto de estudo deste campo, e na configuração de um método específico para a análise deste objeto, captado na forma de oralidade. Sendo assim, a produção historiográfica construída pelo e para o tempo presente apresenta especificidades, ao mesmo tempo em que não se distancia de outros campos históricos.

Artigo original publicado em Revista do corpo discente do Programa de Pós graduação em História da UFRGS

Link: https://seer.ufrgs.br/aedos/article/view/50948

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.