Pesquisa e Desenvolvimento

Emoção e Exclusão: Ideias-Chave de Vygotsky para Rever Nosso Papel em uma Escola com um Ambiente de Diversidade Cultural

Pesquisas demonstram que crianças pertencentes a grupos minoritários com diagnóstico de transtornos emocionais e comportamentais estão superrepresentadas, sendo as minorias étnicas as mais afetadas. Os diagnósticos resultaram em racismo e discriminação. Este artigo reflete sobre a necessidade de desenvolver modelos de inclusão mais integrados e dinâmicos para as escolas. Com base nas ideias de Vygotsky, faz-se uma reflexão sobre a educação emocional nas escolas, especificamente sobre a necessidade de incluir – na formação de professores – o papel principal das regras culturais emocionais na dinâmica de exclusão / inclusão de minorias. O artigo conclui com propostas a serem consideradas para uma visão culturalmente sensata sobre inclusão.

Artigo original publicado em Revista Brasileira de Educação Especial

Link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382017000200169

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.