Pesquisa e Desenvolvimento

Avaliação da Criatividade a Partir do Controle do Nível de Inteligência em uma Amostra de Crianças

Buscando enriquecer a discussão acerca da relação entre criatividade e inteligência, uma amostra composta por 135 crianças (média de 10,3 anos, DP=1,05), estudantes de 4º ao 6º ano do Ensino Fundamental, respondeu à Bateria de Provas de Raciocínio Infantil e ao Teste de Criatividade Figural Infantil. Duas análises foram realizadas a partir de critérios diferentes de controle do nível de inteligência dos participantes (alta, média e baixa inteligência). Quando utilizado o critério da média e desvio padrão (abaixo de -1DP, entre -1DP e + 1DP e acima de +1DP), os resultados da Análise da Variância indicaram a interação entre as variáveis sexo e grupo como marginalmente signifi cativa no fator 2 (emocional), entretanto, quando uma nova divisão é realizada a partir do percentil (abaixo do P25, média e acima do P75), a variável grupo passa a influenciar significativamente o resultado dos participantes no Fator 1 da criatividade (Enriquecimento de Idéias). O estudo ainda apontou correlação baixa entre os dois construtos (r=0,22).

Artigo Original publicado em Revista Temas em Psicologia

Link: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2013000100001

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.