Saiu na imprensa

A cada dia, ao menos 2 professores são agredidos em escolas estaduais em SP…

Era sexta-feira, 22 de fevereiro. Às 6h, Paulo Rafael Procópio, 62, despertava, tomava seu café e seguia de carro para lecionar em mais um dia na escola estadual Octacílio Sant’anna, na cidade de Lins, interior de São Paulo, a 435 km da capital. Dia de prova de geografia, ele não fazia ideia de que seria última vez em que pisaria dentro de uma sala de aula…

Acompanhe matéria completa no link a seguir:

https://educacao.uol.com.br/noticias/2019/08/22/a-cada-dia-ao-menos-2-professores-sao-agredidos-em-escolas-estaduais-em-sp.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.