Renata Soares, Rodrigo Silva Rosal de Araújo


O presente estudo tem por objetivo apresentar concepções da formação humana e a importância da educação emocional no trabalho de sentimentos e relacionamentos no ensino básico, além de mostrar a necessidade do ensino das habilidades socioemocionais em crianças no início do ensino fundamental, apoiado nas teorias de Ferdinand Rhör e José Policarpo Júnior, professores da Universidade Federal de Pernambuco. Apresenta também resultados de uma pesquisa iniciada em 2015, sob a orientação do professor Dr. Rodrigo Silva Rosal de Araújo, onde um grupo de estudantes do Programa de Licenciaturas – PROLICEN – da Universidade Federal da Paraíba executou um projeto intitulado “Educação básica e aprendizagem emocional: compreendendo o currículo PATHS”. O grupo deu início às atividades em caráter teórico, em forma de diagnóstico, visando identificar relação entre as ideias filosóficas de Comenius e demais profissionais da educação, a fim de justificar a teoria do currículo citado. O currículo PATHS foi criado nos Estados Unidos pelos psicólogos Dr. Mark T. Greenberg e Dra. Carol A. Kusché. Em português, sua sigla significa Pensamento, Afetividade e Trabalho com Habilidades Sociais. Este currículo é composto por lições para trabalhar, de forma didática, a educação emocional e relacional de crianças em idade escolar. Após o embasamento teórico, o currículo mencionado foi aplicado em uma instituição privada de ensino na cidade de João Pessoa no ano de 2016, com o intuito de observar a sua aplicabilidade e identificar a ligação entre teoria e prática. Em torno de 45 crianças participaram das atividades propostas pelo currículo, mediadas pelas professoras titulares das turmas escolhidas supervisionadas pelas estudantes envolvidas na pesquisa.

 


Download

Tags: , , ,


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *