Bruna Bonivais de Oliveira, Aparecida Suiane Batista Estevam, Beatriz Andrade dos Santos, Francisco Roberto Diniz Araújo


A afetividade é um tema que vem sendo bastante discutido há alguns anos entre professores, pesquisadores, psicólogos e psicopedagogos em geral, para isso objetivamos a partir desse estudo discutir sobre a influência
das relações afetivas no processo de formação da criança, principalmente quando se trata da educação infantil. A afetividade é um “ingrediente” essencial durante o processo de formação da criança e no meio escolar também não é diferente, tendo a escola como um dos primeiros espaços socializadores da criança, seguido do acompanhamento da família, a mesma necessita sentir segurança e proteção para que possa ter um bom desempenho tanto no que diz respeito ao meio escolar quanto social. O ambiente educacional/escolar em que a criança está inserida deve estar acompanhado de outros fatores primordiais e complementares como: a motivação, interação, e o apoio afetivo dos educadores, ou seja, serão esses fatores que influenciarão o processo cognitivo e intelectual da criança, o que consequentemente refletirá em sua formação enquanto sujeito social. Para fundamentarmos o referido estudo, realizamos um levantamento de
referenciais teóricos que com suas contribuições significativas nos auxiliam, encaminham e enriquecem a presente discussão. Portanto, ao longo do presente estudo procuraremos abordar de forma sucinta e objetiva a
relação interpessoal entre professor e aluno, o que consequentemente afetará positivamente o processo de formação da criança enquanto agente social.

 

publicação original:

anais CONEDU

 


Download

Tags: , , ,