Raquel Valesca Medeiros de Lima; Fernanda Fernandes da Silva; Robécia Graciano de Souza; Jacyene Melo de Oliveira Araujo


O trabalho possui como enfoque principal, a importância da afetividade no processo de ensino-aprendizagem, ressaltando de que forma o ato de lecionar ou a abordagem do professor para com o aluno contribui ou não no rendimento escolar como um todo. Essa análise fundamenta-se na vivência relatada e nos autores citados, tendo como por objetivo desmistificar a ideia de que a afetividade não interfere no desenvolvimento cognitivo do aluno, mostrando situações reais e fundamentações teóricas que possibilitam a compreensão de que a forma com que o professor estabelece sua relação com a criança, influencia diretamente em seu rendimento escolar. A experiência foi realizada com uma turma do terceiro ano do Ensino Fundamental I, na Escola Conhecer Educacional localizada em São José de Mipibu/RN. O embasamento teórico relacionado às práticas educativas é abordado para que haja uma compreensão mais ampla acerca dos elementos que compõem a questão norteadora do trabalho, proporcionado uma análise e uma reflexão mais aprofundada em cima do que é exposto. Compreender que um ambiente adequado potencializa a aprendizagem, é entender que a ação docente pautada no afeto entre as interações, promove a aceitação, a cooperação, e a segurança individual, com o grupo e com o professor. Dessa forma, foi exposto à troca de ensinamentos que podem ser proporcionados entre alunos e professores, e o quanto cada um pode somar ao outro, seja de forma cognitiva ou emocional.


Download

Tags: , , ,


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *