Flor de Liz Marques Cantanhêde


O presente trabalho foi desenvolvido com a intenção de que se reflita sobre a importância da afetividade no Ensino Fundamental, visto que, a afetividade é um estado psicológico do ser humano que pode ou não ser modificado a partir das situações, e lhe acompanha durante toda a vida desempenhando um importante papel no seu desenvolvimento e em suas relações sociais. Entende-se também que a afetividade é o desígnio essencial para a construção das informações cognitivo-afetivo nas crianças e consequentemente nas relações que devem ser estabelecidas entre professores e aluno.
O professor deve ser um mediador de conhecimentos, utilizando sua situação privilegiada em sala de aula não apenas para instruções formais, mas para despertar os alunos para a curiosidade; ensiná-los a pensar, a ser persistentes, a ter empatia e ser autores, e não somente expectadores da sua aprendizagem. Objetiva-se compreender a importância do papel da afetividade na relação professor-aluno, e sua contribuição no processo de ensino aprendizagem, enfatizando a relação entre diversos setores como o social, intelectual, corporal, e, é claro aos sentimentos e as emoções. Constatamos então, que a afetividade é imprescindível para o desempenho educacional e representa um aspecto importante no processo de aprendizagem, que tem como base o respeito mútuo, o diálogo e, principalmente o carinho recíproco. Adquirimos assim, entendimento, informações e comprovações sobre o assunto abordado, que foi de grande valia para se obter um bom aprendizado e com certeza para o desenvolvimento de uma prática pedagógica mais condizente com as expectativas e realidades dos alunos.

publicação original:

https://editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV056_MD1_SA3_ID9315_17082016180903.pdf

 


Download

Tags: , ,